Home » , , , » Nos EUA, um homem é sugado para o interior de um buraco “alienígena” e desaparece por completo

Nos EUA, um homem é sugado para o interior de um buraco “alienígena” e desaparece por completo

USA-FLORIDA/SINKHOLE-RECOVERYJeff Bush de 37 anos, foi sugado pela terra, literalmente. O seu irmão ouviu os gritos agonizantes da vitima e quando abriu a porta do quarto de Jeff, como que se de um filme de terror se tratasse, o único que viu foi o cabo do televisor sendo arrancado da parede devido ao peso.

“Foi terrível, não pude fazer nada pelo meu irmão. Ouvi os seus gritos, não havia eletricidade no quarto e eu não tinha nenhuma lanterna. Apenas pude ver algo. Só ouvi os gritos e depois um longo silêncio! disse Jeremy Bush, irmão da vitima desta tragédia pouco usual na Flórida (e no mundo!).

Jeremy disse que no meio do desespero saltou para dentro do buraco mas não conseguiu encontrar o seu irmão. No final, terminou sendo resgatado pelo primeiro bombeiro que chegou a sua casa. “Juraria que o ouvi pedindo ajuda, mas não o vi”, explicou o homem chorando.

O acidente ocorreu na madrugada de sexta-feira (1 de Março), enquanto a família Bush dormia em casa, na província rural de Seffner, a Este de Tampa, no Noroeste da Flórida. No momento da tragédia em casa encontravam-se quatro pessoas, incluindo uma criança de 2 anos.

Quando chegaram ao lugar, pouco depois da meia-noite, os bombeiros cercaram o perímetro e não deixaram ninguém entrar. A imprensa foi alojada a uns 500 metros da casa. A porta-voz dos bombeiros explicou que o único bombeiro que conseguiu entrar em casa e resgatou o irmão da vitima verificou que o buraco que sugou Bush tinha 6 metros de diâmetro e pelo menos 10 de profundidade.

Os especialistas temem que o buraco possa ser mais profundo, porque no solo não conseguiram localizar Bush, sendo que o único que conseguiram ver dentro do buraco foram os pés da cama. “ O colchão, o televisor e armário desapareceram totalmente”, referiu o bombeiro que salvou o irmão de Bush.

*Fonte

Comentário(s) :

0 comentários:

Enviar um comentário

Subscrever o Blog