Home » , , , , » Mãe mente à filha durante 13 anos dizendo-lhe que era adotada para encorajar a sua independência

Mãe mente à filha durante 13 anos dizendo-lhe que era adotada para encorajar a sua independência

116011_Papel-de-Parede-Mae-e-filha--116011_1280x1024
Uma mãe chinesa mentiu à sua própria filha desde os 9 anos e até as 22, ou seja, durante 13 anos, dizendo-lhe que era adotada. Tudo isto para encorajar a sua independência, já que entendia que a filha estava a ficar demasiado mimada.

Shen casou no seio de uma família rica e teve apenas uma filha, à qual deu o nome de Cheng Cheng. Ao concluir que a criança se estava a tornar demasiado mimada e arrogante, decidiu recorrer a um método, no mínimo, polémico: dizer que a filha não era sua, mas sim adotada.

Embora polémica, a ação, considera a mãe surtiu efeito. Cheng Cheng decidiu frequentar um colégio interno, no secundário, ganhou bolsas de estudo e conseguiu um emprego numa empresa de prestígio numa empresa de software, revela o jornal ‘Shenyang Evening News'.

Quando Shen contou a verdade à sua filha, esta estava evidentemente confusa. No entanto, a mãe manteve a sua posição e justifica porquê: "A minha filha é linda, tem uma carreira de sucesso e está casada com um bom homem. Há pessoas que não concordam com os meus métodos, mas se eu tivesse contado a verdade, ela não teria a motivação e as perspetivas que tem agora", declarou Shen ao jornal ‘The Mirror'.

Comentário(s) :

Subscrever o Blog