Home » , , , » Estudante de Aveiro simulou gravidez, suposto parto e ainda um cancro

Estudante de Aveiro simulou gravidez, suposto parto e ainda um cancro

estudantePor razões desconhecidas, uma jovem de Aveiro, com 20 anos, simulou a gravidez e um parto, além de ter mentido sobre um alegado cancro, de que nunca padeceu. O caso foi denunciado pelo pai, segundo o Diário de Notícias, que dá conta do testemunho do ex-namorado, que se diz “incrédulo”, lamentando que nem um pedido de desculpa tenha recebido.

Não se conhecem as razões desta série de mentiras contadas por uma jovem de 20 anos, que enganou a família e ao namorado, durante pouco mais de nove meses. A rapariga disse que estava grávida e, apesar de não revelar sinais exteriores dessa condição, conseguiu manter o embuste.

Esgotados nove meses, a rapariga revelou que o parto já tinha decorrido, de forma secreta, mas sem apresentar o recém-nascido. O namorado acreditou na história, até que o pai decidiu tomar medidas. Em virtude da ausência de um bebé, foi dar o alerta na Polícia Judiciária.

Conta o Diário de Notícias que, perante os factos, aquela autoridade investigou o caso, descobrindo que a gravidez era falsa, pelo que o parto jamais poderia ter ocorrido.

Mas as mentiras desta estudante do ensino secundário não se ficaram por aqui. A jovem disse que sofria de uma doença oncológica, que mais tarde se soube que também era falsa.

Foi a própria falsa mãe que veio a confessar que simulou a gravidez e o parto e que fingiu ter cancro. Mas não explicou as razões destas mentiras.

O agora ex-namorado – o rapaz de 27 anos já tinha posto termo à relação antes do suposto parto – mostra-se incrédulo e não percebe quais os objetivos da jovem, em viver este embuste.

A Polícia Judiciária continua a investigar, sendo que a jovem deverá responder pelo crime de falsificação de documentos, uma vez que terá forjado ecografias e também relatórios médicos.

*Fonte

Comentário(s) :

0 comentários:

Enviar um comentário

Subscrever o Blog